Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



As IDEIAS de CÁCA de governantes medíocres!

por Ssssstress, em 13.04.15

Todos sabemos, isto é, muita gente sabe porque muitos (de comentadores a governantes embora às vezes não se diferenciem uns dos outros, dos que ainda são e dos que espreitam -e querem- ser), são os que nos púlpitos televisivos afirmam estarmos a caminhar para um país envelhecido razão porque a natalidade é imperiosa para uma sociedade que não se quer velha, e que na bitola dos dias de hoje é sinónimo de uma sociedade sem futuro, sem esperança, sem desenvolvimento.

Em duas palavras, uma sociedade moribunda!

Vai daí os governantes actuais decidiram apoiar a natalidade e engendraram uma solução: aos novos pais, (pais e mães), é-lhes dada a permissa de trabalharem em partime com um vencimento de 60%; ou seja, após o nascimento de um filho, quando as despesas pelo menos duplicam com tudo o que os bebés necessitam, (fraldas, roupas, papas, etc.) os progenitores ganham menos do que já ganhavam e que, na maioria das vezes, já era insuficiente para a sua sobrevivência.

Se não for tido em conta o aumento da carga fiscal em tudo o que são bens alimentares nem pensarmos quanto foi prejudicial a forçada diminuição/estagnação dos salários, então esta ideia de pagar 60% dum salário a quem vai ter maiores despesas vai dar razão ao ministro Maduro (que, digo eu, ainda está muito verdinho).

"Portugueses vão reconhecer mérito do trabalho feito pelo Governo", palavras do ministro Poiares Maduro entre 12 y 13 de Abril de 2015 referindo-se ao governo de que faz parte.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:30


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930




Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D