Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BLOG DO STRESS

Entre sem pressas e se comentar faça-o com calma! Para stressado basto eu!

AS PALAVRAS bonitas-3

por Ssssstress, em 06.11.13

O ministro José Pedro Aguiar-Branco, defendeu hoje a revisão da Constituição, argumentando que existe em Portugal a "tentação de um Estado totalitário" provocado por um "Estado social absorvente" que cria "promiscuidades", "clientelas" e "dependências".

E disse, entre outras pérolas, o seguinte:."A verdade é que nós, por via da situação de tender a ter esse Estado social absorvente, tender a ter um Estado que visa absorver a sociedade numa dimensão que, a meu ver é exagerada, faz com que tenhamos uma tentação de um Estado totalitário, que cria as promiscuidades, que cria as clientelas, que cria as dependências e enfraquece a sociedade".

Isto tem algum sentido? É verdade que este sr. ministro de quando em vez debita uns bitaites (parafraseando um certo “professor” Hernâni), que são umas autênticas “pérolas” e que me atrevo a dizer que: mais valia estar calado.

É então a constituição actual que permite caminharmos para um estado totalitário?

Que “dá” condições para promiscuidades, clientelas e dependências?

Sr, ministro, (claro que em minúsculas é propositado), porque não se cala? É que já disse tantas bacoradas que o melhor mesmo é calar-se. Não que seja minha pretensão limitar a liberdade de expressão nem de pensamento (longe de mim tal ideia) seja a quem for, incluindo v. exª. Quero  somente lembrar-lhe que essa coisa dos totalitarismos não estão dependentes das constituições; é mais uma “coisa” dos homens que alcançam o poder e que depois acham que podem tudo, inclusivé afirmarem como verdades as parvoíces (peço desculpa pela vulgaridade da expressão) que v.exª afirmou.

Penso que v.exª devia adoptar a ideia do seu 1º ministro e emigrar; acho que a China ou Venezuela lhe assentariam que nem uma luva.

Vá, se possível ainda hoje. Acredite que não deixa saudades!

1 comentário

Comentar post