Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BLOG DO STRESS

Entre sem pressas e se comentar faça-o com calma! Para stressado basto eu!

TRISTE FADO

por Ssssstress, em 02.07.13

Em tempos (por volta dos anos 50 do século XX) eram cantados nas ruas de Lisboa mas igualmente noutras cidades e localidades e em transportes públicos, normalmente por cegos individualmente mas também em grupos, carregando instrumentos musicais, o relato de tragédias, crimes e outras desgraças, acontecidas ou inventadas. E eram relatados em forma de fado, com “todos” os pormenores e detalhes.

Os seus autores, ilustres desconhecidos, seguramente nunca imaginariam um enredo trágico cómico como o que está acontecendo no governo em Portugal.

A mediocridade, a incompetência, a irresponsabilidade, a impunidade, tudo enfim que não queremos nem esperamos ver num dirigente em quaisquer áreas, têm sido uma constante neste governo. Mas não só, já que ainda o Sr. Aníbal era somente um professor (de mérito segundo dizem), e já “aquelas virtudes” se manifestavam; e continuaram até hoje.

A diferença não é tanto na substância mas mais nas suas variadas formas de imbecibilidade, a qual tem vindo a “ganhar volume” com o passar dos anos. E o mais grave é não ser perceptível uma cura, mesmo que ténue.

Não foi seguramente para isto que um povo esteve sujeito a uma ditadura durante quase 50 anos. Porque a verdade é que temos sido “roubados” por quem nos deveria ter defendido.

Como sair bem desta situação? Não sei. Gostava de acreditar que o meu voto ajudaria. Mas, sinceramente, não acredito. Nem o meu nem todos os outros votos serão suficientes, a menos que sejam eleitos políticos cuja mais importante virtude fosse a honestidade. Porque os resto estaria implícito e viria por acréscimo!